29.9.09

22/10/07

nossa, fiquei tanto tempo sem escrever... é que a minha vida não mudou muito nesse meio tempo. mentira, mudou sim pra caramba: só a minha mãe que ficou doente de verdade e teve que ser internada. mas a mulher é tão louca que ela conseguiu que os médicos permitissem que ela levasse os negócios de pintura dela. tenho ido visitá-la quase sempre, mas os médicos disseram que o câncer não tem mais volta, que é só uma questão de tempo e blá blá blá, todas essas bostas que eles falam. cara, eu vou perder minha mãe! tudo bem que ela nunca foi uma mãe de verdade, mas, porra, eu tenho metade dos genes dela! mas eu tô bem mais preocupada com meu pai, parece que ele vai surtar em breve, e, assim, meu pai não pode surtar, se ele surtar fodeu tudo. então eu tô me concentrando mais nele. tentando fazê-lo ver que isso é o melhor pra ela, falar aquelas babaquices que sempre consolam as pessoas "deus quer assim, respeite a vontade dele..." com ele surte efeito, eu, pelo menos, tenho uma boa desculpa pra ir mal na escola, mas a elisa não deixa... já estou falando pro meu pai começar a terapia, eu não sei o que ele sente pela minha mãe, mas terapia pra ele não vai ser de todo mal... família de loucos, puxa, não vou ter filhos, imagina o futuro deles?

a elisa tá me dando muito apoio, aguentando todas as minhas tpms e crises de depressão. estamos cada vez mais próximas, ela é uma puta amiga, eu realmente a amo. ela diz que me ama, e eu acredito. ela tem estado bem próxima da gente, de mim, do meu pai e até da minha mãe, sempre que eu vou visitá-la ela vai junto. as enfermeiras acham que ela é filha da minha mãe também. na escola não desgrudamos mais, apesar de a elisa ser bem popular, mas eu não sou ciumenta... ela tá me fazendo ser mais popular também. acho que ela é popular só por causa da aura de "adolescente transviada" que ela tem... se soubessem que é só pose... hahaha

minha mãe está aceitando bem a doença dela. ela decidiu raspar a cabeça e não ver o cabelo cair por causa da químio. já levei diversas perucas coloridas pra ela usar, e ela está usando! não sei se a minha preferida é a verde limão ou a rosa berrante, mas ela realmente prefere a roxa. sempre que eu vou lá ela troca a roxa pela verde e depois pela rosa. acho que ela reparou que vai morrer e quer ser legal comigo. bonito vindo dela... talvez seja o jeito dela de pedir desculpas ou qualquer coisa do tipo. só espero que ela não me puxe pra uma daquelas conversas de gente que está morrendo e quer falar tudo que sente pelos outros e tal. ia ficar muito filme clichet americano... acho que nem quero. e outra, é porque eu não quero chorar na frente dela, eu tô meio que sendo a parte forte da casa agora, o que tá mantendo tudo de pé e funcionando. não posso me dar ao luxo de não ser forte agora, meu pai precisa de mim.

mas se não fosse pela elisa, provavelmente eu estaria descabelada ou me drogando por aí, então a culpa é dela de eu conseguir ser a forte aqui... não sei como eu vou poder agradecer essa amizade algum dia... a fabíola tá tomando conta da casa toda, ela é muito legal, faz parte da família já. acho que até ela vai sentir falta da minha mãe, talvez até a horácia sinta falta da minha mãe, mas eu acho que não muito, a cabeça dela é pequena, então o cérebro dela também é. e ela só viu minha mãe umas dez vezes, acho que ela não vai lembrar muito bem não...

eu vou sentir falta da minha mãe. queria que ela se recuperasse. bah, vou dormir antes que eu comece a chorar aqui.

4 comentários:

Ju disse...

Ain Jo, que triste, mo pai!!!

Edilson Marques disse...

Caramba, como as coisas ficaram duras para a Amanda!

Praguejento disse...

Eu imagino a Amanda de cabelo castanho claro.

Ela tem cabelo castanho claro?

BobZeeLa disse...

eu imagino ela magrela, com cabelo loiro escuro, escorrido, longo e sempre preso e eu acho q ela é bonita, com uma boca muito senÇuaU.

eu acho q cedo ou tarde ela vai surtar!