16.2.09

esquisitices

a lay (putaqpaliu.blogspot.com), mais uma vez, resolveu descobrir mais coisas sobre mim. como boa pessoa que sou, não deixarei de responder à duvida de uma das duas pessoas que me influenciaram muito pra começar esse blog.


Vamos às regras:

- Listar cinco obsessões/apegos/manias;
- Postar as regras;
- Indicar mais cinco pessoas.

1 - tenho coisinhas com comida. coisinhas, como assim? não gosto das coisas diferentes se encostando no prato. coloco todas as coisas o mais longe possível uma da outra. por esse motivo, tenho horror à comidas que tenham caldo. não dá pra parar o caldo, então uma barreira tem que ser criada para o caldo não tomar conta do resto da comida. além disso, cada coisa tem seu devido lugar no prato, se a comida não estiver disposta na posição certa, tenho grandes problemas em como começar a comer. outra mania com comida é pegar um pouco de cada coisa separadamente e sentir o gosto. faço isso TODA vez que eu como. e não gosto muito de ir a restaurantes, tenho sempre dificuldade pra achar um jeito para comer.

2 - tenho mania com a barra do windows. os programas que uso diariamente tem que estar dispostos SEMPRE da mesma forma. msn, outlook express, browser, qualquer outro programa que eu esteja usando. SEMPRE abro os programas nessa ordem. quando um dá pau e é fechado, me controlo pra não fechar todos e ficar em harmonia.

3 - durmo pelada, ou, no máximo, de calcinha. não gosto de roupas me incomodando enquanto eu durmo, não que eu as sinta propriamente, mas não gosto. também não consigo dormir com qualquer fonte de luz no quarto/lugar que eu esteja dormindo. posso estar o máximo de cansada, não rola. por isso, sempre que vou dormir, coloco algo preto em cima dos olhos. quem convive comigo já deve ter se deparado com essa cena porque faço isso em todos os lugares que durmo.

4 - quando eu estou ouvindo música e alguém diminui o volume sem avisar antes eu fico irritadíssima. irritada ao ponto de matar a pessoa que diminuiu o volume sem avisar com qualquer arma letal que eu esteja nas mãos. ainda bem que ninguém abaixou o volume enquanto eu segurava uma arma letal.

5 - não consigo sentar com as pernas pra baixo. acho que só no ônibus eu consigo ficar algum tempo sentada como gente normal. tô sempre com uma das pernas dobrada por baixo da outra, ou uma por cima da outra, dobradas em cima da cadeira. isso é culpa de eu ter 1,55m de altura, então são poucos os acentos que ficam confortáveis para as minhas pernas. e por causa disso eu tenho uma elasticidade enorme com as pernas.


extra, porque cinco manias só não foram o suficiente.

6 - estalo praticamente todas as minhas articulações, a única que eu nunca consegui foi a do maxilar. antes de dormir, estalo tudo que consigo e conto os estalos deitada. vai dos dedos dos pés, passando pelos tornozelos, joelhos, costas, pescoço, ombros, cotovelos, punhos e, finalmente, todos os dedos da mão. (só não estalo a bacia porque só consigo sentada e nem ia ser legal sentar pra estalar a bacia antes de dormir.)

7 - cinzeiros servem para guardar cinzas e/ou bitucas de cigarro. quando alguém coloca alguma outra coisa no meu cinzeiro o utilizando como lixo, eu fico irritada.

8 - fumo MUITO enquanto estou escrevendo. gosto da fumaça na frente do monitor e fico fazendo anéis de fumaça com o que eu exalo.


oito tá bom, né? se quiser conhecer as coisas sórdidas, aconselho morar comigo.



agora eu deveria indicar cinco pessoas para responderem, mas, uma outra mania que não foi mencionada, eu sempre quebro correntes.

3 comentários:

Edilson Marques disse...

Eu FUNDEI o clube dos contos, rá!

Eu também quebro corrente. Aliás, ignoro-as. Sou um monstro blasé.

Layana Lossë disse...

adorei saber suas manias estranhas :D
é bom saber que todo mundo tem manias estranhas tb, assim a gente se sente menos esquisito e sozinho no mundo.
não que eu me sinta esquisita e sozinha no mundo (na maior parte do tempo), mas é bom saber :)

Sabrineeee GanchooO!! disse...

tenhu varias dessas manias suas Jô!! uashuahsauh
essa da comida enton, nem se fala meoO!, igual a mim... caraleo, num eh a toa q nos damos tão bem amore!