15.12.10

babaquice

as pessoas gostam do que eu escrevo. por que raios as pessoas gostam do que eu escrevo se eu nem escrevo bem e os assuntos são sempre os mesmos, super repetitivos? talvez as pessoas tenham mau gosto ou só estejam acostumadas a coisas que são totalmente diferentes das coisas que eu escrevo e isso torna as coisas que eu escrevo diferentes, inovadoras e interessantes. o que eu acho uma babaquice, porque as coisas que eu escrevo são bem idiotas. (e esse parágrafo está ridículo mas eu gostei dele porque achei babaca.)

eu deveria estar escrevendo mais. mas eu só tenho inspiração quando eu estou triste, e eu não tenho estado triste de verdade há um tempo. e eu acho que é mentira essa coisa de inspiração por mal-do-século - é coisa muito de romântico babaca que só escrevia livro chato - porque eu acho que inspiração baseada em sentimentos, pelo menos para texto em prosa, algo meio estranho.

o fato é: não tenho escrito porra nenhuma. e por porra nenhuma, leia, porra nenhuma. gosto de culpar a falta de tempo dizendo que eu estou trabalhando demais. e eu nem estou trabalhando tão demais assim, semestre que vem estarei trabalhando demais de verdade; se eu não escorregar, batera a cabeça e morrer no meio tempo. aí eu penso que eu estou sem inspiração porque eu estou feliz e é mais legal viver a vida do que criar histórias xis na minha cabeça num tempo que eu poderia estar vivendo a vida. o que é outra babaquice, visto que tenho meus momentos de ócio que eu poderia aproveitar para escrever. então eu percebo: eu não estou escrevendo porque estou com preguiça.

se eu adotasse resoluções de ano novo, eu provavelmente todo ano prometeria ter mais preguiça. e todo ano não cumpriria e acharia ridículo ter prometido ter menos preguiça. mas eu acho que vou voltar a escrever mais só para provar que eu não tiro inspiração só do mal-do-século.

é. assim o farei.

(puta texto tosco do caralho.)

2 comentários:

Praguejento disse...

felicidade não traz inspiração.

os textos sempre ficam feios e chatos e empolgados demais.

vide meu blog, quando estou maníaco.

Ju disse...

Tenho que concordar com o Praguejento. Qnd estou feliz, meus posts saem nada a ver, e quem lê, na maioria das vzs não entende porra alguma. Anyway, estar feliz é bom, oras, curta a fase, e deixe pra se preocupar com o que escrever, depois. Eu gosto do que vc escreve, mas gosto mais ainda, de saber que vc está bem. E isso já supre minhas necessidades dos seus textos! hahahaha



Saudades abesurdas, peçôa... precisamos botar as fofocas em
dia, vide meu blog! hahahaha


Beeeeeeeeeeijos e xêro no cangote