17.7.09

ode à espécie

existe uma espécie de ser vivo que me causa espanto, repulsa e admiração ao mesmo tempo. se acham os donos de toda e qualquer razão existente e toda e qualquer coisa existente. sentem-se superiores, ah, como se sentem! são podres, todos eles, sem nenhuma excessão. mas mesmo com todos esses defeitos são capazes de fazer cada coisa incrível que deixaria o mais superior ser existente impressionado. não deve ser novidade para o caríssimo leitor o ser que está sendo exposto, o ser humano. tiop o cêrumãno galerë1

pessoas, seres humanos, homo sapiens sapiens (insira aqui qualquer piada com temática gay)... todos nomes para você, sua mãe, seu pai, para essa que te escreve e, até mesmo - acredite -, para o torcedor fanático do time de futebol rival ao seu. nós, pessoas, nos julgamos superiores a tudo e todos (exceto, talvez, o deus que foi criado por nós, aquele que ainda dizem que fomos criados à sua imagem e perfeição, mas não entremos em questões teológicas, sim?). a crença de superioridade exala pelos poros de cada humano que esteja vivo de tão exacerbada que é, mas há de se dizer que essa crença não é tão infundada assim: como darwin diria, os mais fortes sobrevivem e os mais fracos sucumbem ou são subjulgados. pois bem, nossos ancestrais neandertais começaram o trabalho de dominação das outras espécies vivas para que nós pudéssemos exibir livremente nosso ar de superioridade sem medo de qualquer represália - e assim o fazemos.

nos achamos superiores mas somos mais podres que alguns dos ditos inferiores, mas como essa temática para escrita já foi debatida, escrita, falada por tantas vezes e por tantas pessoas diferentes, não será adotada mais uma vez nesse amontoado de linhas. não, falemos sobre a grandiosidade! a virtuosidade! a beleza!

ao dado momento da evolução humana, século XXI, depois de alguns milênios de sociedade pode até ser dito que estamos um tanto evoluídos mesmo, apesar de não parecer. como já mencionado a espécie homo sapiens sapiens é intrinsecamente podre, então não há como se esperar que a evolução atinja a todos homogeneamente. opondo-se a este fato, as pessoas estão cada vez mais lindas, cuidadosas umas com as outras, íntegras, gentis e mais algumas qualidades. a cada dia que passa noto mais beleza nas gerações mais jovens, mais pessoas se importando umas com as outras. a virtuosidade por esses dias está aumentando gradativamente, o que pode ser levado a considerar que a tendência é melhorar cada vez mais, já que a virtude é uma das mais belas características maniqueístas humanas. somos belos, admitamos.

sim, somos belos, somos grandes e somos especiais. não encontro palavras para expressar tamanha beleza que as pessoas podem conter dentro de si. somos capazes de adorar um semelhante a ponto de nos expormos aos nossos maiores medos para que possamos fazê-lo feliz. somos capazes de fazer com que a necessidade de um semelhante seja maior que a nossa própria e maior que nosso egoísmo para que possamos ajudá-lo de forma eficaz. somos até capazes de fazer o que é julgado impossível por adorar um semelhante ou a nós mesmos. pode ser ousado o que está escrito aqui, mas somos o veículo de algo superior e belo, como se fôssemos uma catapulta para elevar algo a um nível superior.

ah, pessoas! como há beleza em vocês! querido leitor, abra seus olhos para as coisas bonitas que você faz, não há necessidade de ser algo grande nem tampouco digno de adoração: o simples ato de pagar um lanche para um amigo ou agradar alguém quando você poderia estar se beneficiando de qualquer outra coisa que pudesse lhe dar mais prazer já são atos lindos que só nós conseguiríamos fazer, sem demérito qualquer. salvar o mundo, erradicar a fome, fazer milagres são coisas tão virtuosos que poucos tem o privilégio de fazê-las, então trabalhemos com as ferramentas que nos foram dadas. todos nós temos essas ferramentas, as usemos de forma apropriada. por menor que o efeito possa parecer ser para você pessoalmente, ponha-nas em uso, o efeito será sempre bom e válido. demonstre afeto perante aos outros, faça coisas para que as outras pessoas se sintam bem e você estará colocando toda beleza e virtuosidade que você tem dentro de você no mundo, fazendo assim, que ele seja um lugar cada vez melhor e agradável de se estar.

agora, caro leitor, se você está descrente quanto aos parágrafos acima, se você acha que não há salvação - ou qualquer dos bordões aplicados nessas situações - e acha que essa que lhe escreve é mais uma humanista sonhadora, sugiro-lhe e encorajo-lhe calorosamente que repense seu círculo de convívio ou que comece a acender a centelha que cada um de nós tem dentro de si por meio de atos concretos. mas não por meio de palavras, se o fizer com palavras e não ações só vai parecer mais um daqueles demagogos que muito falam e nada fazem. se não acreditar no que está escrito aqui, apenas tente, pelo menos uma única vez, seja grande, seja belo, demonstre a beleza que existe em você, mostre sua grandeza para o mundo! alguns garantem que não dói nem um pouco e que dá imenso prazer em fazê-lo.
oi, tô motivacional hoje. beijos.

6 comentários:

Renato disse...

Tu não imagina o bem que faz ler este teu texto para começar o dia!
Começei a ler e refletir sobre nossa "podridão" (todos somos podres!!!) e em seguida, fui tomado por um ar de estímulo, de tentar ser melhor, e de fazer o melhor não só pra mim, mas para os outros!
Eu me sinto bem pelo simples ato de dar um cigarro à um mendigo....imagine o que é, para quem não tem, poder fumar um Carlton inteirinho, novinho.....penso que isso é uma coisa boa!
Parabéns pelo texto!
Beijã!

Sabrineeee GanchooO!! disse...

Amor, enton quer dizer q o fim do semestre, a grande pica grossa de veias saltdas acabou!!!

^^
uahsuahuahuhasha...

irmã, eu te amo mto.

amei esse texto... me fez lembrar de uma prova de quimica (Bob - Lagão), q eu paguei um lanche pra vc fazer a minha prova (lembra??)...caraleo, isso me fez bem.
esse texto me fez bem... me alegrei, alegrou meo dia.

sim, tds somos podres...mas mtos são piores q nós, reles mortais. mas a vida é assim... quem sabe um dia eu consiga ser um pouco mais humana, um pouco melhor.

amo vc.

beijos!

Praguejento disse...

Humanos são podres e isso jamais irá mudar.

Eu gosto da podridão.

BobZeeLa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
BobZeeLa disse...

eu sou podre e quase que incapaz de "fazer o bem sem olhar a quem", eu faço o bem sim, mas eu só faço para pessoas muito bem selecionadas. Sou cheia de preconceitos, julgo sem conhecer... eu sou ruim e podre *pode ter nojo de mim* Talvez eu mude um dia, mas acho dificil, me tornei isso exatamente por ver que a espécie humana não merece que eu seja boa.

Mari. disse...

esquecí o que ia comentar, mas depois eu me lembrei.

Serei mais bonita ainda, serei bela, e todo mundo vai me atimirá.

Uaréver, até quando eu tento fazer o bem, eu faço o mal.
talvez eu não merecesse existir.
talvez eu não ligue pros outros.
tanto faz, já me perdi mesmo.